Junta de Missões Nacionais

Junta de Missões Nacionais da IPB


Plantando Igrejas Presbiterianas pelo Brasil

A Junta de Missões Nacionais da Igreja Presbiteriana do Brasil trabalha para cumprir a missão que o Senhor Jesus deu a todos os cristãos. Estamos engajados no compromisso de proclamar o Evangelho de Jesus Cristo em todos os cantos do Brasil.

Contato

Sede (escritório):
Expediente: segunda a sexta das 8h30 às 17h30.
 
R: Dr. Lourenço Granato, 79 – Jd. Lúmen Christi
CEP: 13.092-205
Caixa Postal 1042 – CEP 13.012-970
Campinas – SP

Fone/Fax: (19) 3255-5648 / 3368-5648
8259-2929 / 8259-3029
E-mail: jmn@ipb.org.br



Artigos para revista Ação Missionária:
revistajmn@ipb.org.br
Currículos: curriculosjmn@ipb.org.br
Artigos para o site: sitejmn@ipb.org.br
Secretário Executivo: executivajmn@ipb.org.br

Campo Missionário de Lábrea – AM

Home/Notícias do Campo/Campo Missionário de Lábrea – AM

Chegamos onde a Transamazônica parou!

Lábrea, AM, está localizada à margem direita do Rio Purus, um dos principais afluentes do Rio Amazonas. Chega-se à cidade a partir de Porto Velho, capital de Rondônia após 50 minutos de voo Rima Linhas Aéreas. Pela estrada se gasta cinco horas no verão. Para se chegar à capital, Manaus. De barco, quatro dias no período de chuva (inverno), oito dias no período de seca (verão), e de avião viaja-se 2 horas. A população é de 40 mil habitantes. As atividades principais da região são o extrativismo vegetal: borracha, castanha da Amazônia, madeira de lei, óleo copaíba e óleo de andiroba. Piscicultura: tambaki, pirarucu, pirabitinga, matricham.

Estamos levando a Palavra de Deus às pessoas que moram nesta região e juntamente com minha esposa, Rejane Margarida de S. Andrade, e nossas filhas, Emely e Nicoly, queremos compartilhar com vocês um pouco daquilo que o Senhor nosso Deus tem realizado em nossas vidas ao longo dos anos, nos quais vocês também fazem parte, seja nas orações, auxílio ou amizade, pois sabemos sempre podemos contar com vocês.

Mesmo em meio às adversidades que passamos todos os dias, temos visto o agir de Deus em todo momento, estabelecendo seus propósitos e manifestando sua soberania.

Desde a chegada no campo até hoje se passaram 09 anos e agora ao fazer um levantamento, podemos dizer: “Até aqui nos ajudou o SENHOR. Grandes coisas fez o SENHOR por nós e por isso estamos alegres”.

A cidade é considerada um campo transcultural. A cultura amazonense tem traços indígenas. É um povo que zela pelas suas tradições culturais. A questão econômica da cidade é assustadora, já que poucas pessoas na mesma família trabalham. A miséria e a fome adentraram nesses respectivos lares. O que se percebe todos os dias são famílias vivendo numa decadência espiritual. Vende-se bolo, açaí, banana frita, tucumã, pupunha, cebolinha, peixe e outro tipo de serviço nas feiras para ajudar a família na sobrevivência diária; e outras pedem dinheiro pelas ruas. Sem contar que a prostituição infantil na calha do rio Purus predomina a todo vapor. As mães, para adquirir comida para família, oferecem as suas filhas para a prostituição, que é um meio utilizado para sobrevivência. Todos os dias jogam lixo no Rio Purus, principal da região. A água está contaminada, os peixes também. As crianças nadam no rio sujo e poluído. As doenças que predominam são: Malária e Hepatite (A, B e C). Um povo carente, humilde e sofrido. O custo de vida é caríssimo. Isso porque os produtos que chegam vêm de barco. A estrada funciona somente no verão que vai de junho até o final de novembro. Realizamos visitas no hospital e delegacia (Ministério de Capelania Hospitalar e Carcerária).

As crianças têm o discipulado infantil. Os adolescentes e jovens estão sendo discipulados como novos na fé. Visitas nos lares e cultos domésticos. Evangelismo nos bairros. Temos uma reunião de oração todos os domingos às 05: 30hs. Na escola dominical temos 60 alunos, entre crianças, adolescentes, jovens e adultos. Alguns adolescentes estão aprendendo música na Igreja (projeto Musical). Temos um programa na rádio, que vai ao ar das 08:00h até ás 09:00h. Esse programa tem grande audiência na cidade, pois, utilizamos as mensagens do Cada Dia da Luz Para o Caminho. Através dessa programação radiofônica, algumas pessoas têm visitado a Igreja.

Peço aos irmãos que orem por nós, diante dos desafios que temos enfrentado durante esse ano. Algumas pessoas serão recebidas como membros da Igreja através da profissão de fé e batismo. No entanto o que realmente nos alegra, são as vidas que o Senhor Deus tem colocado ao nosso cuidado. Sei que Deus haverá de oferecer-nos a oportunidade de crescimento quantitativo e qualitativo no andamento do trabalho. E que possamos crescer na graça e no conhecimento de Deus.

Agradecemos a todos os que estão nos acompanhando através das orações. Estamos precisando comprar o terreno para construir o templo e também a aquisição de uma casa. Plantar Igreja é isso, só sabe explicar esse privilégio, essa alegria, quem faz missões. Mas é uma grande responsabilidade cuidar desse campo, para que cresça alicerçado na rocha que é Cristo.

Que Deus nos ajude. Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho. SOLI DEO GLÓRIA.

 

Rev. José Esmelindo de Andrade 

2017-01-25T20:32:45+00:00