Junta de Missões Nacionais

Junta de Missões Nacionais da IPB


Plantando Igrejas Presbiterianas pelo Brasil

A Junta de Missões Nacionais da Igreja Presbiteriana do Brasil trabalha para cumprir a missão que o Senhor Jesus deu a todos os cristãos. Estamos engajados no compromisso de proclamar o Evangelho de Jesus Cristo em todos os cantos do Brasil.

Contato

Sede (escritório):
Expediente: segunda a sexta das 8h30 às 17h30.
 
R: Dr. Lourenço Granato, 79 – Jd. Lúmen Christi
CEP: 13.092-205
Caixa Postal 1042 – CEP 13.012-970
Campinas – SP

Fone/Fax: (19) 3255-5648 / 3368-5648
8259-2929 / 8259-3029
E-mail: jmn@ipb.org.br



Artigos para revista Ação Missionária:
revistajmn@ipb.org.br
Currículos: curriculosjmn@ipb.org.br
Artigos para o site: sitejmn@ipb.org.br
Secretário Executivo: executivajmn@ipb.org.br

Campo Missionário de Maranguape – CE

Home/Destaque, Notícias do Campo/Campo Missionário de Maranguape – CE

Louvando a Deus por um ano de organização eclesiástica.

O primeiro trabalho presbiteriano em Maranguape ocorreu no dia 29 de julho de 2000, na residência do Presbítero Ally Charlys Musse Mendes, tendo como cooperador o presbítero José Gurgel Filho e família. Na ocasião o Presbítero Charlys era presidente da Federação da UPH do PLCE (Presbitério Leste do Ceará.) O trabalho foi dirigido pela Federação, que solicitou o apoio da Igreja Presbiteriana Vida Nova em Fortaleza, pastoreada pelo Rev. José Junilson que logo aceitou o desafio de apoiar e plantar uma Igreja Presbiteriana naquela cidade.

O primeiro culto teve aproximadamente 100 pessoas. A Congregação de Maranguape passou a ser jurisdicionada pela IP de Vida Nova com o apoio da IP de Aerolandia de Fortaleza. A Congregação iniciou com 21 pessoas, 7 adultos, 11 adolescentes e 3 crianças. O Senhor Jesus Cristo usou uma irmã, Dra. Aurigelli Eugenio de Sousa, que nos doou um terreno na localidade de Pato Selvagem.  No dia 7 de agosto de 2004 foi feito o lançamento da pedra fundamental. Entregamos o prédio alugado em dezembro do mesmo ano, pois toda a Igreja concordou em ir para o bairro e fazer o culto em uma cabana. Foi cedida uma casa próximo ao terreno para guardar os objetos da Igreja. Em dezembro de 2004 foi realizado o 1° culto no local. Com o passar dos dias muitos irmãos viram as dificuldades do trabalho e 90% saíram da Igreja, alegando que o local era perigoso.

O trabalho ficou ainda mais difícil, mas como o trabalho não é nosso, é do Senhor, Ele levantou o amigo e pastor Green que é americano e foi professor do presb. Charlys na época do seminário. Ficou comovido com a atual situação da Igreja, doando assim materiais de construção para início das obras. Muitos outros irmãos participaram desse desafio em ajudar na construção. Passamos 7 meses realizando cultos embaixo de uma cabana e no período de muita chuva fazíamos culto na residência da irmã Raimundinha.  Em julho de 2005 fomos para o templo construído. Os recursos ainda eram poucos e o templo ficou com apenas 30% da sua construção.

O Rev. Ednildo Fontenele pastor da IP de Aldeota, apresentou-nos o presbítero Homero Lenz Cesar e sua esposa Hulda, que tinham um sonho de organizar uma Escola. Eles se apaixonaram pelo trabalho de Maranguape, tornando-se patronos do projeto “Igreja-escola”. Concluímos uma parte da construção do templo no dia 12/11/2011 e aconteceu a inauguração do referi- do projeto. Hoje a Igreja tem 35 membros comungantes, 7 membros não comungantes; algumas pessoas estão se preparando para o batismo. Temos muitos projetos, entre os quais a construção do novo templo, ao lado do atual; no ano de 2013 a Congregação Presbiterial de Maranguape, agora jurisdicionada pelo PROF- Presbitério Oeste de Fortaleza fez parceria com a JMN.

Essa parceria foi uma benção de Deus para o desenvolvimento e consolidação do trabalho presbiteriano em Maranguape. Hoje, o Rev. Ally Charlys é o pastor da Igreja. A JMN foi um divisor de águas. O campo foi proativo, organizando-se eclesiasticamente em 1ª IP de Maranguape antes do término do contrato de parceria com a JMN, sem pedir aditivos ou outros. Foi o 1° projeto de parceria com a JMN, no Ceará, a organizar-se em Igreja. Foi um passo com muita intrepidez e ousadia, sendo organizada eclesiasticamente no dia 13 de junho de 2015. O Presb. Roger Jonathan Martins de Sousa foi quem presidiu a comissão de organização e a assembleia da mesma. O Rev. Francisco Jonatam Soares ministrou a ordenação e investidura dos presbíteros e diáconos. Rev. Ally orou ordenando os primeiros oficiais e o Rev. Rogério Silva Barbosa foi o pregador do culto, e agora como 1ª IP de Maranguape.

Os primeiros oficiais: Presb. Daniel Ângelo de Sousa, Presb. André Rodrigues dos Santos, Diác. Antônio Viana Pereira de Souza, Diác. Valdemir Viana da Costa. Diác. Narcisio Abreu da Silva e Diác. Francisco de Assis Souza Nascimento.

“Agora, pois, temei ao Senhor e servi-o com integridade e com fidelidade; deitai fora os deuses aos quais serviram vossos pais dalém do Eufrates e no Egito e servi ao Senhor.” (Josué 24.14).

Por: Rev. Ally Charlys Musse Mendes

2016-12-28T19:53:32+00:00